sábado, 13 de junho de 2009

...Não existe masculino para musa...


Dentre tudo que escrevi, tenho especial apreço pelo que escrevi para eles e por eles...
Há vários poemas, sentimentos oscilantes, muitos "eles", uma verdadeira miscelânea...
Na vida real tudo acabou, mas em meus pensamentos atemporais, a comunicação ainda acontece... Não tive oportunidade de lhes dizer nada, de lhes dizer tudo... então escrevo...

Se homem eu fosse e eles fossem mulheres, seria eu o poeta e eles, minhas musas...
Muito irônico seria, isso sim!

Mas procurei, pesquisei... Não existe masculino para musa... Então o que eles são para mim?!?!
Talvez eles sejam exatamente isso, a não existência de algo que insiste em se comprovar...
Viajei!!!

---------------------------------------------------------------------------


Um comentário: